Fila – Psiiiiiiuuuuu

22 02 2011

 

 Dizem por aqui que paulista adora uma fila, que não pode ver uma que já quer entrar.

Não concordo que paulista goste de fila. Acontece que, se vivemos em sociedade, dividimos o espaço com outros, e chegamos depois, temos de ser atendidos, entrar na festa, enfim, depois de quem chegou antes. Isso é correto, isso é justo.

A cidade de SP tem 10 milhões de habitantes, o Estado tem cerca de 40 milhões.    

O Rio de Janeiro não está longe disso: Cidade 6 milhões e Estado 15 milhões. Fonte: IGBE Censo 2010.

Ou seja, é gente pra caramba!!! Tem que existir uma consciência de que o espaço público não é só meu, é de toda a população.

 Um amigo carioca, visitando SP me falou que achou o cúmulo uma cena que ele presenciou: Uma mulher foi comprar bilhete no metrô, não tinha niguém na fila, mas mesmo assim ela andou aquele zigue-zague de fila marcada com fita – como nas filas de cinema – todinho até chegar ao guichê.

Mas vamos pensar: E se ela resolvesse ir direto no guichê e chegasse uma outra pessoa andando mais rápido que ela e entrasse na frente? O mundo é dos espertos??? O Zigue-zague é a garantia de que ela seria atendida primeiro, porque chegou primeiro.

 Se eu estou no começo do zigue-zague já aprendi o que fazer sem armar um barraco: É só lançar um PSIIIIIUUUU bem forte que a pessoa deixa vc assumir a frente da fila, que lhe é de direito, só que ela estava se esquecendo disso…

Anúncios

Ações

Informação

5 responses

22 02 2011
Priscila

Sid, adoro sua simpatia e espiríto de “boa vizinhança”!! Uma vez um colega (em Sào Paulo não tem problema alguma chamar as pessoas assim!!) veio ao Rio e me perguntou pq as pessoas não respeitavam filas, eu não soube nem o que dizer, aqui é tão normal, e tb não entendo…mas o negócio é esse mesmo, lembrar o “espertinho” de onde é o lugar dele na fila, alguns vão até te agradecer rs

22 02 2011
Evaldo Souza

Esse negócio de fila aqui em Curitiba é que pega. Ants de me mudar pra cá, lia comentários sobre isso e dava risada. Quando me mudei foi que vi que não era brincadeira. Mas não é só a cultura que gera as filas. O mau atendimento do comércio e a falta de opções muitas vezes são os grandes vilões. Imagine, por exemplo, um Carrefour numa sexta feira tarde, e só 5 caixas rápido funcionando…. absurdo.
Bom, vou ver agora se encontro na net algum site do tipo “curitiba para paulistas”.rsrsrsr. Abçs e boa sorte

23 02 2011
rioparapaulistas

Fica a dica para o blog irmão ”Curitiba para paulistas” hein!

24 02 2011
Erica

O brasileiro adora uma fila, não é coisa de uma região especifica. As pessoas de um modo geral, não possuem o habito de perguntar para que é aquela fila, simplesmente entram e depois de um tempão percebem que estão na fila errada. Normal já, em qualquer lugar, infelizmente. Sid, adorei o blog, bem criativo.

24 02 2011
rioparapaulistas

Obrigado pela visita Érica. Volte sempre 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: