RIO NO CINEMA – VERDADES E MITOS

23 03 2011

Já que Woody Allen não quis ambientar seu filme no Rio de Janeiro, o jeito é se contentar com uma animação.

 Estréia nos cinemas dia 8 de Abril o filme de animação RIO, que fala da história de uma arara macho que vem ao Rio conhecer a última fêmea de sua espécie no mundo.

 O filme do diretor brasileiro Carlos Saldanha – que trabalhou nos filmes da série ‘A Era do Gelo’ – é de distribuição da FOX e conta com um time de estrelas entre os dubladores (Anne Hathaway, Jesse Eisenberg, Jamie Foxx e Rodrigo Santoro). Tem ainda música de Sergio Mendes e participação na música também de Will.I.Am do Black Eyed Peas.

 Pensando bem, uma animação é bem mais popular  e rende bem mais em bilheteria que Woody Allen, que é muito respeitado, mas é cult e por isso,de público restrito.  

 No fim, o Rio levou a melhor pq a publicidade será maior e precisamos aumentar o número de visitantes. Que Nova York e Londres (as cidades mais visitadas do mundo) fiquem com Woody Allen!

 Além da já tradicional entrevista coletiva, houve ontem, 22 de março, dia da estréia mundial, a exibição e trechos do filme na fachada do Copacabana Palace. Veja: http://migre.me/46eaS

 Site do filme:

http://www.rio-ofilme.com.br/

VERDADES e MITOS

 Esses filmes que retratam o Brasil (e quase sempre o Rio de Janeiro) vêem carregados de clichês. Coisa pra inglês ver. Mulatas, caipirinha, futebol, praia, gente sorrindo à toa (na África subsaariana é cheio dessas pessoas também e vivendo abaixo da linha da pobreza.

 Tem coisas que até brasileiro (paulista principalmente) acredita. Beira o preconceito, por isso, vamos desmitificar algumas dessas crenças:

 – Carioca só pensa em carnaval.

Depende.  Quem vive da indústria do carnaval tem que pensar muito em carnaval. Mas não é toda a população. Agora, nos dias de carnaval não tem jeito, só se vc sair da cidade ou ficar trancada dentro de casa – e não passar nenhum bloco próximo da sua casa.

 – Carioca não gosta de trabalhar.

Mito. O que acontece é que o ritmo por aqui é outro, diferente de SP (nem melhor nem pior, apenas diferente). Outra coisa muito importante salientar é que tem muito carioca que é workaholic e trabalha até nos finais de semana para adiantar as coisas de segunda-feira. Uma coisa que é verdade: Serviço a cliente não é muito o forte por aqui, talvez por isso é que tenha se criado essa imagem de que não gostam de trabalhar – é a impressão que se tem quando se entra numa loja e os atendentes demonstram má vontade em te atender.  

 – O Rio é perigoso.

Depende. Assim como toda metrópole com milhares de habitantes, Rio também tem suas regiões mais perigosas. Está muito mais seguro agora, ainda que os índices de homicídio por aqui sejam o dobro dos de SP (Rio 34 mortes /100 mil habitantes, SP 15/100, fonte: Mapa da Violência/2011, do Instituto Sangari e o Ministério da Justiça) a maioria desses casos ocorrem nas regiões mais afastadas do centro e Z. Sul, portanto não é motivo para evitar vir à cidade maravilhosa. Óbvio que não se deve ostentar jóias, dinheiro em grande quantidade, etc. Mas isso é em todo o Brasil. Outra coisa muito importante: A população está se sentindo mais segura, sinal de que a coisa está muito melhor agora. Desde a instalação das Unidades de Polícia Pacificadora, a paz está fazendo as pazes com o Rio de Janeiro. Até o complexo do Alemão lá na Penha, Zona Norte– Sob domínio do tráfico há mais de 15 anos – foi invadido e dominado pela polícia do Estado do Rio.

 – O Rio é caro

Depende. Dá para gastar uma fortuna no Rio de Janeiro em hotéis de primeira, restaurantes estrelados, peças musicais de primeia e festas nos lugares mais exclusivos (e lindos), mas também dá para vir com dinheiro contado e se divertir muito.

Uma coisa que ouvi de um brasiliense que mora atualmente em SP e que morou no Rio: ‘SP é eletista. Não se tem muitas opções se vc não tem dinheiro. Rio abraça a todos e oferece muitas opções de lazer por um preço mais baixo e até gratuitamente’.

Realmente, na praia por exemplo, quase não se gasta. Peças de teatro no Rio chegam a custar metade do ingresso que se paga em SP. Musicais então, nem se fala. Shows de artistas brasileiros por aqui chega a custar 1/3 do preço do mesmo show em SP.

 Mais para frente voltamos a dismitificar o Rio de Janeiro.

 Se vc tem alguma afirmação sobre o Rio e gostaria de saber se é verdade ou mito, mande um e-mail para o rioparapaulistas@hotmail.com ou deixe seu comentário.

Anúncios

Ações

Informação

3 responses

23 03 2011
Priscila

Muito bom post de hoje, mitos alias que envolvem não só o Rio de Janeiro mas como o Brasil inteiro. Não só na Africa Subsaariana, mas no continente inteir, assim como em várias regiões do Brasil, e em muitos países pobres, as pessoas tem uma caraterística de serem mais felizes (eu particularmente não entendo o motivo, mas daria um ótimo tema de pesquisa, se é que não já existe…)
Agora eu não acho que o Rio “abrace a todos” em relação ao quanto se gasta para se divertir na cidade. Quem se diverte por pouco aqui é que mora perto da praia, o que é viavél somente para quem tem um alto poder aquisitivo, agora para quem não mora na Z. Sul as coisas não são bem assim não….
E para não perder o costume, vou defender minha cidade de coração, só paga caro em SP quem não conhece as oportunidades de entertenimento que temos e fica só no circuito comercial da cidade, eu gastava muito menos lá do que aqui!!
bjinhos querido!! 😉

23 03 2011
alexandra spinelli

Vale incluir que a primeira animação 3D nacional, Brasil Animado, produzido por Mariana Caltabiano Produções, mostrou o Brasil como um todo e foi muito educativa, uma aula de história muito animada narrada pelos personagends principais Stress e Relax! Valeu à pena ter ido com minha filha e claro que ela está anciosa aguardando por essa estréia! Vai aqui o link para quem quiser dar uma espiada nessa outra produção nacional: http://www.google.com.br/search?q=brasil+animado+trailer&hl=pt-BR&client=firefox-a&hs=iek&rls=org.mozilla:en-US:official&prmd=ivns&source=univ&tbs=vid:1&tbo=u&sa=X&ei=1ASKTZKWL4PI0QHXnZn4DQ&ved=0CC0QqwQ Aliás, a mesma produtora tem um desenho muito engraçado no Cartoon, na hora Brasuca, Gui e Estopa é o nome do desenho! É bem legal cada vez mais ver desenhos nacionais, de qualidade para o público infantil e é claro que eu pego carona em todos, principalmente 3D. 😉

24 03 2011
Evaldo Souza

Basicamente o Zé Carioca ficou azul. rsrsrsr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: