CENTRO DO RIO

28 03 2011

 

Biblioteca Nacional

O Centro do Rio é incrível.

Sou suspeito para falar pq sou apaixonado pelo Centro do Rio…

O Rio como todos sabem, foi capital da colônia portuguesa desde 1763. Em 1808 tornou-se sede de todo o império português, depois disso, só deixou de ser capital em 1960 quando Brasília virou a capital do país.

Até então os palácios, bibliotecas, igrejas, museus, todas as contruções mais importantes eram erguidas aqui no Rio de Janeiro. Imagine a riqueza histórica do centro do Rio!

A independência do Brasil foi proclamada em SP (ponto). Todo o resto dos principais acontecimentos históricos do país se passaram no Rio.

Não que SP seja menos importante por isso, mas temos de reconhecer a importância histórica e cultural do Rio.

Hoje, dá para tomar um café (R$ 3 expresso) ou almoçar (cerca de R$25) dentro do Paço Imperial – onde foi assinada a abolição da escravatura.

Neste mesmo paço imperial, lá na sétima janela é que em 9 de janeiro de 1822, José Clemente Pereira, presidente do Senado da câmara, apareceu  para dar um recado do, na época, príncipe dom Pedro: “Como é para bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico”. Sem contar os inúmeros documentos assinados ali – a autorização para liberar os portos do Brasil é um deles.

O centro do Rio merece muitos posts, um para cada cantinho, rua, passagem, viela, avenida, praça.

Ai, ai…

Para começar, um casamento entre bibliotecários que aconteceu na cidade. Eles resolveram fotografar (lindas as fotos, veja: http://migre.me/48jZl) dentro de 2 bibliotecas: uma que fica no centro do Rio: Real Gabinete Português de Leitura (http://www.realgabinete.com.br/portalweb/Default.aspx) e a Biblioteca do Centro de Tecnologia da UFRJ que fica na Ilha do Fundão, Zona Norte da cidade (http://www.realgabinete.com.br/portalweb/Default.aspx).

Não fotografaram na Biblioteca Nacional que fica ali na Cinelândia, ao lado do Teatro Municipal, que é uma jóia da história do Brasil, provavelmente por não terem conseguido autorização. Pena a visita ser restrita. Mas se estiver de bobeira no Centro do Rio, vale a pena – somente em três horários 11h, 13h e15h. E tem que agendar com antecendência (http://www.bn.br/portal/?nu_pagina=62).   

 Mais posts virão sobre o Centro do Rio. Quem achava que só tinha praia e sol, vai se surpreender.

 🙂

Paço Imperial

Anúncios

Ações

Informação

2 responses

29 03 2011
Priscila

Amei o post, sempre fico “abobada” qdo vou ao centro do Rio, é tanta coisa linda, tanta história junta, um êxtase!!!!

29 03 2011
Carise

Saiba que você agora está me devendo um café no Palácio Imperial!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: