O Rio está na Moda?

6 06 2011

Lea T. pela Blue Man no Fashion Rio

Semana de moda do Rio de Janeiro. Para passar ileso pelas enxurrada de notícias que a Fashion Rio gera, só não lendo jornal.
Resolvemos acompanhar de perto para saber como é esse evento e contar aos leitores sobre os bastidores, o que não se fala na impressa formal.

Antes de mais nada, vale lembrar que semana de moda representa movimetação de dinheiro. Na última edição de verão (realizada em Junho de 2010 para o verão 2010/2011), foram movimentados 900 milhões de reais.

É de impressionar o número de pessoas trabalhando no evento. Por outro lado, é óbvio o motivo, visto que o público alvo são compradores das coleções (= $$$) e tem muita gente importante envolvida.

Mas o que gera comentários mesmo, além das roupas, são os acontecimentos e os famosos.

Entrada do Fashion Rio

Descobri por exemplo, que no 3º dia teve tombo de modelo (Ana Claudia Michels – tadinha…) no vídeo disponível na internet, outra modelo – Ana Beatriz Barros – ajuda a coitada a se levantar e a platéia aplaude. Ainda nesse dia, a transsexual filha do Toninho Cerezo-ídolo-da-torcida-são-paulina desfilou pela primeira vez de biquini – detalhe, ela ainda não é ‘operada’. Tenso. Adivinhe qual foi o desfile mais concorrido??? O povo gosta de ver o circo pegar fogo…

Nos primeiros dias, também teve centenas de famosos e sub-celebridades, ex-BBB e tudo mais que se tem direito num evento desses. Era daqueles dias em que a fila VIP tinha 3 mil pessoas e a dos simples mortais, 50.

Fui no sábado, 04/06. Dia em que uma garoa se revezava com uma chuva fina. Mas o evento é tão bem organizado que tinha guarda-chuva pra todo mundo na entrada. Ufa!

Estúdio de TV no Pier Mauá

Foi bom que não estava lotado-insuportável pq carioca não sai de casa se chover, e se a temperatura estiver menos de 21 graus, já era, td mundo trancado dentro de casa.

Será que é por isso que ouvi muita gente com sotaque paulista? Estranho…

O local é incrível, Pier Mauá. Na beira da baía de Guanabara. O maior visual.

Lá vi o cara que participa do clipe ‘Born this Way’ da Lady Gaga, o tal de Rick Genest, o tatuadão que disse que quer fazer uma tatuagem aqui no Rio. Coitado, geral o cercando para tirar foto A minha nem ficou muito boa, pq o cara não andava mais devagar por isso e estava a maior correria para tirar foto dele. Ainda vou fazer um curso de fotografia para paparazzi.

Rick Genest - O ''Zombie Boy''

A modelo Alicia Kuczman também estava lá cheia de pose e simpatia. Depois pesquisei sobre ela e descobri que ela foi a queridinha da última SPFW, a recordista de desfiles. Será que ela ganhou mais dinheiro que a Gisele Bundchen? Será que agora com a nova ortografia, não se usa mais a trema no Bundchen?

Alicia Kuczman, modelo paranaense, cheia de charme

Tinha várias modelos pra lá e pra cá, meninas adolescentes sonhando em crescer mais para ser modelo, jornalistas, modelos, fotógrafos, modelos, cinegrafistas, modelos, seguranças e… modelos.

O povo aguarda para entrar numa das salas de desfile

Pontos positivos: organização, limpeza, coisas bonitas para se ver, seguranças educados e local do evento.

Ponto negativo: Poderia ser maior. Poderia ter coxinha para os convidados. 🙂

Agradecimentos: Patrícia Mercer Graicar, Priscilla Jaques e Revista Vogue.

 

 

Em clima de moda, segue a dica:

Cartaz do evento ''O Mercado''

Vai rolar na Casa de Espanha, ali no Humaitá, O Mercado.
É tipo um Mercado Mundo Mix e é organizado pelos estilistas independentes.
Uma feira em que os estilistas levam suas criações para vender diretamente ao público.

Óbvio que não são aqueles da Fashion Rio, mas o Alexandre Herchcovitch (estilista brasileiro muito respeitado no exterior), dentre tantos outros, começou em eventos assim em SP anos atrás.

São mais de 60 marcas e prometem que quem adquirir peças ali está comprando muito mais do que panos e linhas, mas sonhos e muito carinho de quem confeccionou o produto.

Olha que legal os motivos que enumeraram para mostrar a diferença entre comprar numa loja e comprar no O Mercado:

– Pagará um preço justo.
– Será atendido por quem faz, pelo criador, sem vendedores. Você conhece o estilista, conversa com ele e ainda recebe dicas sobre como usar aquela peça.
– Terá a certeza que está comprando peças que não foram produzidas com mão de obra escrava ou infantil, e que os trabalhadores envolvidos no processo foram remunerados da forma devida, sem exploração.
– Poderá encontrar moda feminina, masculina, infantil, acessórios e decoração em um único lugar.
– Irá contribuir para que novas marcas permaneçam no mercado e para que outras possam surgir.
– Comprará peças exclusivas e feitas com mais do que tecidos e linhas, mas também com muitas doses de carinho e sonhos.

No evento, vc é atendido direto pelo estilista que criou as roupas (estou louco para ver um ótimo atendimento no Rio de Janeiro sem precisar gastar milhares de reais por isso!). A pessoa deve estar mega motivada, cheia de vontade de atender, que maravilha!

Fora que os produtos cariocas estão sendo muito elogiadas pela imprensa especializada do exterior.

O MERCADO
Dia: 11/06/2011 (sábado)
Horário: 14 às 21h
Local: Casa de España (Rua Vitório da Costa, Humaitá, Rio de Janeiro-RJ)

ENTRADA GRATUITA!!!

Blog: http://www.estilistasindependentes.com
Twitter: @EI_Estilistas
Contato: ei-contato@hotmail.com
Flickr: http://www.flickr.com/photos/omercado
Facebook: www.facebook.com/estilistasindependentes

Anúncios

Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: